Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

Cartório de Ibirá promove palestras informativas em Escola Estadual da Cidade 

Publicado em: 11/05/2018
São abordados temas variados como: história das constituições brasileiras; direitos e garantias fundamentais; organização do estado brasileiro e conflitos familiares
 
Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas de Ibirá está promovendo palestras informativas para os alunos da Escola Estadual João Pedro Ferraz, localizada na Rua Coronel Jonas Gonçalves Gonzaga, nº1553. Os encontros acontecem nos horários de aulas vagas, tanto no período da manhã como no período da noite, e são abordados temas variados: história das constituições brasileiras; direitos e garantias fundamentais; organização do estado brasileiro; conflitos familiares; e entre outros. Essa inciativa integra o projeto “Adoção Afetiva”, que reúne cartórios e escolas estaduais em todo o Estado de São Paulo.

As aulas são ministradas pelo titular do Cartório, Gustavo Casagrande Canheu. O registrador possui experiência de 14 anos como docente de Direito em instituições de ensino superior. “Ao meu ver, o projeto “Adoção Afetiva” não só permite que os notários e registradores ajudem as escolas nas suas necessidades primárias, como também aproxima a serventia da sociedade. Isso é algo de extrema relevância, ainda mais em cidades pequenas do interior, como a nossa, em que o cartório é o primeiro local que todos procuram quando tem qualquer dúvida jurídica ou quando precisam de orientações das mais variadas. Não tenho dúvidas que a iniciativa renderá muitos bons frutos, seja para a sociedade, seja para nós delegatários”, revelou Canheu.

O registrador contou como o corpo docente da escola recebeu a notícia que foi adotada pelo Cartório. “No primeiro dia, quando procurei a escola e falei do projeto, a diretora mostrou muito entusiasmo e me apresentou todas as dependências da escola, os professores e até as salas de aula, em que me apresentou aos alunos que estavam presentes. Esta acolhida foi fundamental para que eu tivesse a certeza de que havia feito a escolha certa ao aderir ao projeto”, falou.

Filho de professor estadual, Canheu está realizando um sonho. “Na verdade sempre foi um sonho antigo estar em uma sala de aula de uma escola pública, como professor, ainda que fosse por um dia apenas, para poder reviver os momentos da minha infância em que ia com meu pai assistir suas aulas”. Para ele, é um dever como delegatário também de um serviço público, ajudar as escolas estaduais.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.
Fonte: Assessoria de Imprensa da ANOREG/SP
Voltar
Compartilhe este conteúdo: