Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

Cartório de Paulo de Faria/SP contrata professoras para escola estadual da cidade 

Publicado em: 10/08/2018
As educadoras dão aulas de reforço para aqueles que possuem mais dificuldades



Registro de Imóveis de Paulo de Faria, interior de São Paulo, está promovendo aulas de reforço para os alunos da Escola Estadual Professor Nelson Alves Tremura, localizada no centro da cidade. As professoras contratadas pelo cartório dão aulas para os alunos do ensino fundamental II nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

“Optamos por investir na contratação de pedagogas que ministram aulas para grupos reduzidos de crianças que, por critério definido pela direção e professores, estão aquém do nível da sala”, explica o registrador Bruno Luís Arcaro.



O diretor da escola, Nilton Noel Caldas, falou da parceria com o Cartório de Paulo de Faria. “A serventia contratou duas pedagogas para recuperar os conteúdos e habilidades essenciais de 50 alunos do ensino fundamental II, em Língua Portuguesa e Matemática, no período de abril a outubro, custeando, inclusive, todo o material necessário para o desenvolvimento do projeto, visto que a maioria dos participantes são alunos carentes”, ressaltou.

Todo o trabalho desenvolvido pelas professoras contratadas melhorou o rendimento dos mesmos na sala regular que frequentam. Caldas frisa que “os professores regulares desses alunos comentaram, nas reuniões de conselho de classe, que houve uma melhora significativa na aprendizagem e, principalmente, na autoestima deles, por estarem conseguindo realizar atividades que antes não conseguiam”.



Para o titular, integrar o projeto Adoção Afetiva é a oportunidade de fazer algo a mais para um setor tão sensível como é a educação.  “Isso é de grande importância, pois os titulares de delegação extrajudicial conhecem as peculiaridades locais e podem oferecer auxílio naquilo que é mais premente”, ressalta o registrador.

Já o diretor viu na iniciativa a possibilidade de começar a resolver um dos graves problemas apresentados pelos alunos em sala de aula, que é a defasagem de conteúdos e habilidades em leitura/escrita e fundamentos básicos da matemática. “Defasagem essa que atrapalha a real aprendizagem em sala de aula e o cumprimento do currículo do Estado de São Paulo. Diante disso, os Cartórios estão colaborando satisfatoriamente para melhorar a qualidade da educação paulista”, ressaltou.



“Em nome de toda a escola, gostaria de agradecer imensamente esta iniciativa dos cartorários, que está proporcionando dignidade e inclusão a vários alunos da nossa comunidade escolar”, finalizou Caldas.
 
Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.
Fonte: Assessoria de Imprensa Anoreg/SP
Voltar
Compartilhe este conteúdo: