Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

2º Registro de Imóveis de Marília doa uniformes para escola estadual 

Publicado em: 29/06/2018
Além dessa ação, o cartório vai ajudar a instalar câmeras para proporcionar segurança aos alunos

“Decidi participar desse projeto porque sempre gostei de colaborar com iniciativas sociais, ao mesmo tempo, considero que recebo muito de Marília e precisaria retribuir de alguma maneira”, revelou o registrador Luiz Rodrigo Lemmi.

Desta forma, o 2º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoas Jurídicas de Marília/SP doou mais de 680 uniformes para os alunos da Escola Estadual Monsenhor Bicudo.

“Há muito tempo a escola tentava uniformizar seus alunos, sendo uma necessidade para que se reforçasse o vínculo de identidade dos mesmos com a escola. Além do uniforme contribuir para a segurança deles, é prático, econômico e equilibra as diferenças sociais”, falou a diretora da unidade de ensino, Sueli Batistetti Vicente.



Para a diretora, os benefícios estão indo além dos muros da escola. A ação voluntária do Cartório está contribuindo de modo muito positivo para o desenvolvimento da comunidade como um todo. “Os alunos sentem-se motivados quando percebem que a sociedade se aproxima das escolas e, de alguma forma, participa de suas vidas. Com essa parceria dos Cartórios junto das Unidades Escolares, a sociedade de modo geral se beneficia”, acrescenta.



Além dessa ação, no momento, o Cartório está trabalhando para instalar câmeras na instituição de ensino, a fim de proporcionar mais segurança aos alunos.

Sueli Vicente ainda agradeceu a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo Anoreg/SP, a Secretaria da Educação e o Tribunal de Justiça (TJ/SP). “A sensação de acolhimento por termos sido selecionados foi gratificante. Sentir os olhos de uma parcela tão importante da sociedade voltada para a escola pública, nos deu uma injeção de ânimo”, destacou.



Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.
 
Fonte: Anoreg/SP
Voltar
Compartilhe este conteúdo: