Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

Cartório de Bragança Paulista/SP reforma auditório de escola estadual 

Publicado em: 03/08/2018
Além da reforma, a serventia realizou diversas doações

Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e de Pessoas Jurídicas de Bragança Paulista, no interior de São Paulo, promoveu uma restauração do auditório da Escola Estadual Ministro Alcindo Bueno de Assis, localizada no centro da cidade.

Dentre as intervenções realizadas estão a substituição do carpete por piso cimentado e pintado, na parte alta do salão – buscando, com isso, harmonia com o que já se tinha na parte baixa do referido ambiente –, reparos no reboque, revisão da parte elétrica e serviço de pintura.



O cartório também realizou doações para a unidade, como um projetor de imagem, lousa de vidro, caixas de som, microfones, ventiladores de parede, luminárias, flores e grama artificiais e cortinas. Todos os produtos foram devidamente instalados por técnicos/especialistas contratados pela serventia.

O registrador Sérgio Busso citou que essa foi apenas a primeira etapa e que outras poderão vir ainda a serem estudadas, analisadas, e colocadas em prática.

Para ele, o Projeto Adoção Afetiva é uma oportunidade para que notários e registradores ajudem professores e diretores a alcançar melhores resultados na educação paulista. “Este é o momento ideal para o devido proveito de nossa classe, visando somar ao que as escolas já passam para seus alunos, e que, de alguma forma, acabam envolvendo muito do que se apresenta dentro de nossas atividades”, destacou.
 
A diretora da escola, Andréa Chiovatto de França, ressaltou que a reforma melhorou muito o ambiente e o aspecto físico da unidade, já que antes o local estava bastante danificado e com alguns equipamentos precisando de troca.



França relembrou o momento em que o corpo docente recebeu a notícia que a unidade foi selecionada para participar do Projeto. “Recebemos a notícia com muita alegria e satisfação, uma vez que vimos uma grande chance de melhorar o espaço escolar.  Acreditamos muito em parcerias e pensamos que, através delas, existe uma grande possibilidade de fazer com que necessidades essenciais existentes possam ser supridas e assim melhorar e beneficiar nossos alunos, possibilitando uma melhor efetivação da aprendizagem”, relatou a diretora.

Já o registrador aproveitou o momento para cumprimentar de forma especial o jurista José Renato Nalini, ex-secretário da Educação do Estado de São Paulo, responsável pela iniciativa. “Agradeço essa iniciativa de envolver dentro deste projeto registradores e notários, dando a todos nós a oportunidade para que, de forma organizada, pudéssemos iniciar trabalhos visando contribuir com nossas escolas públicas”, finalizou.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa da Anoreg/SP
Fonte: Anoreg/SP
Voltar
Compartilhe este conteúdo: