Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

Registro de Imóveis de Diadema realiza festival de paródias em escolas estaduais  

Publicado em: 29/10/2018
Além do concurso de paródias, orientação sobre profissões, giro cultural e consciência ambiental são as iniciativas que fazem parte do “Projeto Florescer”
 
O Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica de Diadema promoveu, no dia 24 deste mês, o 1º Festival de Paródias das escolas estaduais no município. Participaram estudantes de 42 instituições, que apresentaram trabalhos para três categorias: rap, com tema meio ambiente; samba sobre moradia; e hip hop com temática sobre educação.

Os três primeiros colocados de cada categoria receberam prêmios de R$ 500 (1º lugar), R$ 300 (2º), e R$ 200 (3º) e também foram premiadas com R$ 400 as escolas que venceram as categorias.



Essa ação integra o Projeto Adoção Afetiva, iniciativa que reúne cartórios e escolas estaduais em todo o Estado de São Paulo.

A registradora Patrícia Ferraz contou como transformou a ação em um projeto que compreende todas as escolas da cidade.  “Minha intenção era adotar uma unidade de educação, mas me deparei com a oportunidade de atingir as 57 escolas administradas pelo Estado em Diadema”, revelou.



A dirigente regional de ensino, Liane de Oliveira Bayer, destacou a importância do Adoção Afetiva. “A participação dos cartórios neste projeto é extremamente importante, já que as serventias têm grande alcance dentro dos municípios. Desta forma, conseguem mobilizar a comunidade para trabalhar em torno de um bem maior, que é a educação das nossas crianças”, ressalta a educadora.

Além dessa ação, a serventia tem o objetivo de trabalhar com atividades de várias naturezas, mas especialmente as de cunho cultural e lúdico. “Nomeamos de ‘Projeto Florescer’ porque, de fato, queremos florescer o que há de melhor em nossas crianças e jovens”, contou Ferraz.



Conheça mais duas ações que fazem parte do Projeto Florescer:
  • Ciclo Permanente de Profissões: com objetivo de auxiliar os jovens do Ensino Médio na ampliação de seu conhecimento a respeito das profissões e despertar a vocação de cada um, o ciclo prevê orientações com profissionais de diversas áreas.
  • Giro Cultural: esta ação ampliará o projeto que já vem sendo desenvolvido nas escolas da cidade com foco no contato com as diversas formas de manifestação cultural.
 
Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.
 
Fonte: Assessoria de imprensa
Voltar
Compartilhe este conteúdo: