Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

1º Registro de Imóveis de Jundiaí conquista certificação em compliance 

Publicado em: 22/08/2019
O cartório foi o primeiro do país a receber o certificado DSC 10.000

1º Registro de Imóveis, Títulos e Documentos e Civil de Pessoa Jurídica de Jundiaí, administrado por Leonardo Brandelli, recebeu o certificado DSC 10.000 (Diretrizes para o Sistema de Compliance), tornando-se a primeira serventia do País a ser certificado nesse quesito.

Certificado em julho deste ano, Brandelli conta que há anos vem desenvolvendo um trabalho sério, honesto, e “por vezes estafante”, na busca de excelência na prestação da função registral. “Há alguns anos, trouxe da iniciativa privada para o 1º registro a Renata, minha esposa, que tinha experiência gerencial na condução de pessoas e de qualidade em empresa de mais de 700 funcionários. O intuito foi o de que ela pudesse imprimir no cartório padrões de excelência e qualidade por ela já alcançados na iniciativa privada”, pontuou.

A partir desse período, Brandelli começou um projeto de busca de excelência no atendimento ao cliente externo e interno, de gestão eficiente por meio de processos, e da eliminação de possibilidades de inadequação técnica e recolhimento incorreto de tributos. “Após árduo período de treinamentos, de criação, revisão e melhoria de procedimentos, de instituição de auditorias externas, de mudança para uma nova mentalidade gerencial e da adoção de condutas éticas mais severas do que as legais, iniciou-se a busca por certificações externas que atestassem o padrão de qualidade buscado, e que entendíamos alcançado”, pontuou.


 
O 1º Registro de Imóveis de Jundiaí conquistou também a categoria diamante no Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR (PQTA), além das certificações ISO9001 e ISO15000, esta última específica para cartórios, atestando competência gerencial e de qualidade.

O cartório buscou em empresas independentes a certificação e, anualmente, serão auditados em todos requisitos para garantir a manutenção dos certificados. “Foi um case também para os certificadores, que nunca haviam certificado um cartório, o que tornou as auditorias mais demoradas e severas do que normalmente se espera”, afirmou o registrador.



“O compliance visa prevenir e reduzir comportamentos ilegais, além de obedecer as regras, ter comprometimento com a integridade, observar e cumprir a legislação de maneira rigorosa. Este certificado garante a existência de mecanismo de integridade na gestão diária, e a certificação é concedida para empresas sérias, organizadas e que respeitam os valores éticos”, finalizou Brandelli.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Anoreg/SP
Voltar
Compartilhe este conteúdo: