Carregando informações, por favor aguarde...

Home Notícias

Presidente eleito da Anoreg/SP define os principais objetivos da nova gestão no triênio 2020-2023

Publicado em: 01/03/2021
George Takeda, titular do 3º Registro de Imóveis de São Paulo, concedeu entrevista à Anoreg/BR sobre os focos de atuação e a alteração estatutária realizada no estado

Eleito presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg/SP) para o triênio 2020-2023, George Takeda concedeu entrevista à Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR) sobre os principais objetivos da sua gestão e as características da alteração realizada no estatuto da entidade estadual. Recém-empossado, Takeda é titular do 3º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de São Paulo.

Confira a entrevista na íntegra:

Anoreg/BR - Como recebeu a notícia da sua eleição, por aclamação, para a presidência da Anoreg/SP no triênio 2020-2023?

George Takeda - Quando me consultaram se eu poderia assumir a presidência da Anoreg/SP, fiquei muito entusiasmado porque sempre tive ideias sobre formas de atuação dos notários e registradores que poderiam auxiliá-los a prestarem um bom serviço aos usuários. Na presidência, estou convicto de que poderei por em prática tais ideias.

Anoreg/BR - Na prática, quais são as mudanças aplicadas com a alteração estatutária? Qual é o papel do Conselho Deliberativo nesse cenário?

George Takeda - A alteração estatutária não foi com a finalidade de implementar mudanças, foi somente para formalizar uma prática que já vinha ocorrendo há anos. Nas reuniões, sempre foram convidados os dirigentes das Associações representativas de cada especialidade e suas opiniões sempre eram levadas em alta conta. 

Anoreg/BR - Quais são os principais objetivos da nova gestão em relação aos Cartórios de São Paulo?

George Takeda - Estou pensando em três focos de atuação. O primeiro é entabular tratativas coletivas com fornecedores de serviços e materiais para os cartórios, de modo a celebrar convênios para que os associados possam usufruir deles em condições mais vantajosas em razão do volume. Além disso, no meio de centenas de notários e registradores sempre existem aqueles que implementaram uma ou outra boa prática na prestação dos serviços, vamos procurar divulgar a todos as melhores práticas para que a coletividade se beneficie da experiência exitosa dos colegas. Também estudaremos a propositura de ações coletivas em favor dos associados para a defesa de seus interesses.

Anoreg/BR - Quais serão os primeiros passos da entidade já no começo de 2021?

George Takeda - Os primeiros passos serão para planejar as estratégias para alcançar os objetivos traçados na resposta anterior.

Anoreg/BR - Como avalia a atuação cartorária durante a pandemia de Covid-19 no Brasil? Serão tomadas medidas para garantir a continuidade dos serviços em 2021?

George Takeda - As atividades das serventias se caracterizam como um serviço público essencial, não podendo ter solução de continuidade, daí que a grande maioria dos cartórios em São Paulo estão operando normalmente e atendendo as recomendações das autoridades sanitárias.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Anoreg/BR
Voltar
Compartilhe este conteúdo: